Azure SQL Lineup

Nessa postagem vamos dar continuidade à um assunto muito legal onde vamos entender melhor sobre o que vem dentro do “pacote” Azure SQL.

Como vimos na postagem anterior, o Azure SQL consiste dos seguintes serviços no Azure:

Portanto, vamos fazer um overview sobre cada um, em postagens futuras vamos entrar em um nível de detalhe maior para cada modelo.

SQL Virtual Machines:

O SQL Server rodando em uma Azure VM é a opção que temos no modelo Infrastructure as a Service (IaaS) para implementar o SQL Server no Azure.

Essa opção é a mesma que você utiliza atualmente no SQL Server em uma máquina virtual, exceto pelo fato que o Azure hospeda essa Virtual Machine nesse caso.

O Azure gerencia os Host Server e a parte de Hardware, ele fornece interfaces para que você possa implementar uma máquina virtual completa, seja ela em Windows ou Linux e podendo escolher a sua versão do SQL Server.

Nossa responsabilidade é gerenciar todos os aspectos de guest OS e do ambiente SQL Server, porém, como a VM é executada no Azure, existem benefícios para gerenciar o seu SQL Server e sua VM.

Managed Instances:

Azure SQL Managed Instance ou Instância Gerenciada como é conhecida por muitos é um serviço do Azure que está um nível acima do Azure Virtual Machine.

Managed Instance é uma instância completa, com toda engine do SQL Server implantada como um serviço Platform as a Service (PaaS), por esse motivo o termo “gerenciado”.

O Azure nos fornece o host server, hardware system e a virtual Machine , dessa forma permite que você se concentre na implantação e no gerenciamento de uma instância do SQL Server e seu conjunto de databases.

Uma migração de OnPremises para o Azure utilizando o serviço de Managed Instance garante praticamente 100% de compatibilidade!

Databases:

Mais conhecido como Azure SQL Database, este também é um serviço de Platform as a Service (PaaS) do Azure, porém um nível acima do serviço de Managed Instance.

O Azure SQL Database nos fornece um método para implantar um ou mais Databases na nuvem e o Azure toma conta do host, hardware system, virtual Machine e nesse caso, também da instância do seu SQL Server, portanto, muitas atividades administrativas que você teria no seu SQL serão reduzidas ao optar por utilizar esse formato no Azure.

O Azure SQL Database oferece muitas opções variadas para deploy na nuvem para permitir que fosse atendido vários cenários de aplicações que consomem esses bancos de dados.

Ao utilizar o serviço SQL Database do Azure obtemos alguns benefícios do modelo PaaS relacionados às áreas de segurança, escalabilidade, um desempenho mais inteligente e de alta disponibilidade!

Sendo assim, finalizamos a postagem sobre o lineup do Azure SQL, o objetivo principal era passar um overview sobre os serviços oferecidos pelo Azure SQL, logo entraremos em maiores detalhes sobre cada um desses três modelos que ele possui!

Espero que tenham gostado!

Aguardem que vem mais conteúdo pela frente!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s