Azure SQL Database – Deploy de um Banco de Dados Business Critical

Nessa postagem vamos continuar aprendendo mais sobre o Azure SQL Database e vamos ver como fazer um deploy de um banco de dados SQL no Azure utilizando o modelo Business Critical.

Para começar o nosso passo a passo, primeiramente, dentro do Azure Portal, entre na opção de SQL databases.

Na tela SQL databases clique em Create:

Após clicar em Create vamos entrar na tela de criação do nosso Azure SQL Database onde precisamos preencher alguns campos, vou passar por cada um para entendermos melhor.
Na primeira tela devemos escolher a Subscription e Resource group que será utilizado, caso não vá utilizar um RG já existente você pode criar um novo clicando em Create new.

Ainda na primeira tela, logo abaixo temos as opções Database details onde devemos definir o nome do nosso Banco de Dados e o Servidor dele , se vai ser utilizado um já existente ou criar um novo, para criar um novo é só clicar em Create new e preencher os campos solicitados.

Logo abaixo é necessário escolher o modelo de compra onde é escolhido as opções de computação e armazenamento que será utilizado pelo nosso banco de dados SQL no Azure, então clique em Configure database e vamos escolher o modelo vCore e selecionar o Service Tier Business Critical.

Com a opção Business Critical selecionada, temos a possibilidade de ajustar nossas configurações de Hardware conforme abaixo:

  • vCore:
    • Mínimo: 2
    • Máximo: 80
  • Data max size (GB):
    • Mínimo: 1GB
    • Máximo: 4096GB
    • Log space: até 1TB (configurado automaticamente baseado no Data max size)

Ao clicar em Change configuration de nosso Hardware ainda é possível alterar o modelo utilizado que é a versão Gen5, está disponível a opção chamada M-Series que oferece mais vCores e memória do que qualquer outra opção do Azure SQL Database, porém ela só está disponível em certas regiões.

Read scale-out: O recurso de read-scale que realiza o direcionamento de leituras para as réplicas secundárias e dessa forma, alivia a réplica primária onde é feito escrita, isso tudo sem nenhum custo adicional, portanto, recomendo utilizar essa feature!

Would you like to make this database zone redundant: Ao optar por utilizar essa opção, o nosso banco vai ter uma maior disponibilidade pelo motivo de utilizar Azure Availability Zones.

Após definir essas opções, basta clicar em Apply e seguir com o processo de Deploy de um Azure SQL Database conforme explicado no post: Azure SQL Database – Deploy de um Banco de Dados.

Sendo assim, finalizamos a postagem sobre como fazer um deploy de um banco de dados SQL no Azure utilizando o modelo Business Critical.

Espero que tenham gostado!

Aguardem que vem mais conteúdo pela frente!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s